Como ganhar dinheiro na internet – O guia completo

Receba minhas atualizações em seu email




Quando falamos em como ganhar dinheiro na internet, falamos sobre formas e estratégias de ganhar dinheiro com trabalho realizado a partir da internet. Ao longo dos últimos 10 anos, especializei-me neste nicho de mercado da monetização, seja ela uma monetização direta ou indireta. Quando criei o meu primeiro blog para ensinar estratégias sobre como ganhar dinheiro na internet, lá nos idos de 2008, este era um termo bastante pesquisado no Google. Hoje em dia não é tanto. Ainda assim, considero o tema extremamente relevante para qualquer pessoa que ainda não trabalha na internet e/ou gostaria de obter uma renda extra com um trabalho realizado na internet.

Existem dezenas de formas diferentes de você ganhar dinheiro na internet ou criar um negócio digital do zero. Mais importante que isso, você precisa entender o que você realmente gosta de fazer e depois enquadrar isso em uma das várias estratégias digitais existentes nos dias de hoje e que permitem a você ganhar dinheiro com seu trabalho na internet. Se você está lendo este artigo porque acredita que vai ficar rico em 24 horas, vai ter ganhos fáceis ou vai trabalhar somente 4 horas por semana, aconselho você a fechar este artigo imediatamente.

Há mais de uma década que trabalho na internet com marketing digital. Não acredito em formas de enriquecimento rápido, marketing multinível e diversas outras “estratégias” de ganhar dinheiro fácil e rápido. Quem prometer isso a você, está mentindo. Na realidade, para você ganhar algum dinheiro na internet, você precisará trabalhar muito, ser dedicado, focado e, acima de tudo, persistente. Ao contrário do que provavelmente você até acha, trabalhar na internet demanda muito tempo. Se você tem um emprego das 9h às 17h e não quer trabalhar mais de 8 horas por dia, tenha a certeza de que se você trabalhar na internet, seja com produtos digitais, não digitais, blogs, ou qualquer outra coisa, existe uma grande probabilidade de você trabalhar bem mais horas!

Como ganhar dinheiro na internet – O que isso significa?

Ganhar dinheiro na internetQuando nos referimos ao termo “como ganhar dinheiro na internet”, estamos falando de pessoas que além de terem uma renda extra com um trabalho na internet, podem inclusive trabalhar como profissionais nessa área e viver dos rendimentos de seus projetos online. Ao contrário do que a grande maioria das pessoas acha, ganhar dinheiro na internet não significa necessariamente promover ofertas, dar cliques em banners publicitários ou ficar assistindo publicidade. Significa na verdade trabalhar em projetos direta ou indiretamente ligados à internet.

Há 10 anos que trabalho como profissional na internet, o que significa que tenho vários projetos na internet que me rendem dinheiro por meio de publicidade e/ou vendas realizadas a clientes. Não trabalho em esquema home office, mas quando comecei trabalhava. Durante os primeiros anos trabalhei a partir de casa na internet e tinha rendimentos provenientes de sites e blogs. Eu ganhava dinheiro na internet e com a internet.

Logicamente o termo “ganhar dinheiro na internet”, ao longo dos anos, foi muito utilizado para esquema de enriquecimento fácil, esquemas de pirâmide, entre outras ofertas fraudulentas. A realidade é que a grande maioria do público que continua pesquisando por esse termo, procura uma oferta desse tipo. Isso não existe. Embora muitas vezes seja razoável um bom profissional dizer que promete ensinar a você as estratégias que ele usou para ganhar XYZ por mês, se ele prometer que você irá conseguir fazer isso rapidamente, ele provavelmente estará mentindo.

A realidade é 98% das pessoas nunca irão ganhar dinheiro na internet.

Trabalhar de forma séria e criar um negócio digital perene, é algo que demanda muito tempo. Da mesma forma que existem estudos que indicam que a grande maioria das empresas não duram mais de três anos, também existem alguns estudos que indicam que a maioria dos blogs não dura mais de 12 meses. Somente a persistência permite criar negócios sustentáveis a longo prazo. Eu próprio já desativei blogs por não ter paciência e/ou tempo para escrever conteúdos para eles. Isso é normal. No entanto, mantive o meu blog Escola Dinheiro durante 8 anos e somente no primeiro ano eu escrevi mais de 500 artigos para ele e alguns outros projetos que criei nessa altura (agora com mais de 9 anos de idade), que continuam a ser atualizados diariamente. Isso se chama persistência, foco e dedicação.

A monetização de projetos na internet está dividida em dois tipos: os projetos que geram ganhos diretos e os projetos que geram ganhos indiretos. Você precisa entender a diferença entre cada um deles, para que seja mais fácil entender quais as reais possibilidades que existem para você criar seus próprios projetos digitais e começar a ganhar dinheiro com eles.

1. Ganhos diretos

Na categoria de ganhos diretos, enquadram-se todos os trabalhos realizados que geram um rendimento direto por meio desse mesmo trabalho. Imagina este blog onde você se encontra agora. Quanto mais conteúdo eu escrever para ele e melhor posicionar esse conteúdo nos resultados orgânicos do Google, mais dinheiro ele me renderá por meio dos anúncios de publicidade ou links de programas de afiliados. Isso seria um exemplo de ganhos diretos, uma vez que a rentabilização do projeto em si, depende exclusivamente da quantidade de trabalho e dedicação que eu colocar nesse mesmo projeto.

Um outro bom exemplo seria um canal de vídeos no Youtube. Para você ganhar dinheiro com vídeos no Youtube, você precisa de gravar vídeos. Quanto mais vídeos você produzir e mais otimizar a publicação desses vídeos no motor de pesquisa do Youtube, maiores serão os seus ganhos.

Em ambos os casos, isso não significa que se você deixar de escrever ou de gravar vídeos, os seus rendimentos irão desaparecer. Na realidade você continuará a gerar um rendimento passivo por meio do tráfego orgânico que esses mesmos conteúdos continuam a gerar. Mas se você continuar a produzir materiais novos, você tem mais chances de gerar um rendimento bem superior.

2. Ganhos indiretos

Os ganhos indiretos são aquilo que costumo chamar de “long shot”, ou seja, que acontecem a médio ou longo prazo, como por exemplo ser convidado para dar palestras, formações, ser interpretado pelo mercado como uma autoridade, o seu trabalho ser considerado confiável, etc. Embora isso não gere um ganho direto para você, ele gera um ganho indireto.

Sempre que dou uma palestra num evento, meus ganhos indiretos são imensos, nomeadamente ao nível da visibilidade, autoridade, confiança, número de seguidores, etc. Eu não ganho nada diretamente em dar uma palestra num evento, mas indiretamente eu ganho sempre algo resultante desse trabalho.

Como ganhar dinheiro na internet – O guia completo

Existem dezenas, se não centenas, de oportunidades para você ganhar dinheiro na internet. Logicamente, caberá a você entender quais as ofertas que fazem sentido e quais não fazem. A internet é um mundo de oportunidades, mas ao mesmo tempo consegue ser igualmente um mundo de frustração. Entenda que os profissionais estabelecidos e que realmente conseguem excelentes resultados com seus negócios digitais, demoraram vários anos para chegar onde estão hoje. Ninguém ficou rico da noite para o dia.

1. Ganhar dinheiro na internet com blogs

Uma das formas mais primárias de se ganhar dinheiro na internet é através de sites e blogs de conteúdo. Criado a 23 de agosto de 1999, o Blogspot foi a primeira grande plataforma de criação de blogs e que deu ao mundo a oportunidade de começar a trabalhar com conteúdo de uma forma prática. No entanto, quando o Blogspot foi originalmente criado, ele não previa qualquer tipo de funcionalidade que ajudasse os produtores a rentabilizarem os seus conteúdos.

Em 2003, surge no mercado a plataforma WordPress, que além de ser um gestor de conteúdos open source, é também a melhor plataforma de criação de blogs nos dias de hoje, responsável por mais de 27% dos websites e blogs criados na internet. Estamos falando de milhões e milhões de projetos que utilizam o WordPress como gestor de conteúdos. Este artigo que você está lendo, foi produzido através da plataforma do WordPress.

Com a evolução das plataformas de blogs, surgiram igualmente diferentes oportunidades de rentabilizar o tráfego gerado, seja através de anúncios contextualizados, promoção de ofertas, etc., são inúmeras as formas existentes de você rentabilizar um blog. Veja:

Anúncios do Google (Google Adsense)

Há vários anos que o Google lançou a sua plataforma Google Adsense, que permite a qualquer blogueiro, colocar anúncios de publicidade contextualizada em seu blog. Cada um desses anúncios, apresentará publicidade contextualizada com o conteúdo escrito, que será apresentada em formato de links de texto ou imagem. O autor do blog recebe por cada clique gerado nessa publicidade. O valor do clique é definido automaticamente pela Google e com base na concorrência que existe entre anunciantes para esse nicho de mercado. Quanto mais anunciantes estão querendo anunciar para esse nicho de mercado ou palavra-chave, tendencialmente o valor por clique é maior.

Ganhar dinheiro na internet com Anúncios Google Adsense

Existem nichos de mercado que pagam valores por clique extremamente altos, enquanto existem outros nichos de mercado com valores por clique muito baixos. Se você escrever por exemplo sobre ganhar dinheiro na internet, além do valor por clique ser extremamente baixo, você ainda estará escrevendo para um público que não clica em anúncios, portanto, seus ganhos possivelmente serão miseráveis.

Mas se você escrever sobre indústria, ofertas financeiras, seguros e outras áreas mais concorridas (e também mais difíceis), você poderá ganhar valores interessantes por cada clique gerado na publicidade que colocar colocar em seu site.

Programas de Afiliados

Para rentabilizar eficazmente um blog, você não poderá depender exclusivamente dos anúncios do Google Adsense. Existem outras formas de você rentabilizar o conteúdo e tráfego gerados. Uma das formas mais interessantes de rentabilizar um blog é com programas de afiliados.

Ganhar dinheiro na internet com Programas de Afiliados

Um programa de afiliados não é mais do que trabalhar como comissionista, em que você recebe à comissão por cada venda gerada de um determinado produto. No caso do marketing digital, logicamente a tecnologia dá uma ajuda muito grande, uma vez que é possível rastrear todos os passos do cliente e atribuir essa comissão à pessoa certa, sem margem para erros.

Os programas de afiliados evoluíram muito ao longo dos últimos 10 anos. Nos dias de hoje existem milhares de ofertas e milhares de plataformas de afiliados que oferecem a você diferentes formas de rentabilizar os seus conteúdos, seja através de produtos físicos, produtos digitais, ofertas de empresas extremamente conhecidas do mercado como a Casas Bahia, Dafiti, Fnac, entre outras.

O primeiro programa de afiliados do mundo foi criado pela Amazon em 1996 e que ainda hoje funciona, pagando uma comissão por cada venda gerada pelos afiliados que promovem produtos disponíveis para compra no site de e-commerce da Amazon. Caso você não saiba, existem plataformas de afiliados a pagar valores altíssimos de comissão, veja:

Ganhar dinheiro na internet com Programas de afiliados com comissão alta

Nesse programa de afiliados, por exemplo, o valor de comissão por cada usuário recrutado, pode chegar até $800, o que significa que sempre que você gerar interesse num usuário, ele se inscreva nessa plataforma e comece a fazer transações financeiras, você recebe até $800 de comissão.

Existem milhares de plataformas de afiliados que você poderá usar para rentabilizar os conteúdos que você escreve em sites e blogs. Criei uma lista das plataformas de afiliados que trabalham melhor e geram mais resultado no Brasil.

Plataformas de Afiliados

Plataformas de Afiliados Mobile

Venda direta de publicidade

Outra opção não tão comum nos dias de hoje passa por você vender sua própria publicidade. Em vez de tentar rentabilizar seu tráfego com ofertas de afiliado, você pode alugar os espaços publicitários que você tem em seu blog, por exemplo. Outra opção seria você comercializar também outro tipo de ofertas, como posts patrocinados, disparos de e-mail marketing para a sua lista de assinantes da newsletter, etc. Basicamente, tudo aquilo que você puder capitalizar em termos de venda, é totalmente exequível.

Tenha no entanto em atenção que a venda direta de publicidade é algo que demanda muito trabalho. Na grande maioria das vezes você precisa de ir atrás dos anunciantes, negociar com eles, colocar as criatividades rodando, analisar as estatísticas, receber pagamentos, etc.

Venda direta de produtos

Outra possibilidade para você rentabilizar o tráfego do seu blog pode passar pela venda direta de produtos criados por você, como por exemplo e-books, cursos online, vídeo-aulas, webinários, entre outras ferramentas que você poderá criar e comercializar diretamente para o seu público.

Nesta situação, tenha em atenção que além de você precisar produzir esses materiais para comercializar, você terá de tratar de toda a parte da venda propriamente dita, nomeadamente a entrega o produto, recebimentos, etc. É algo que demanda bastante tempo, mas que além de um ganho direto, permite você trabalhar também com o ganho indireto através da criação de autoridade e credibilidade junto do seu público-alvo, e em alguns casos, essa autoridade fazer com que você seja convidado para dar palestras, partindo do princípio de que o seu conteúdo é realmente muito bom.

Plataformas como a Monetizze ou Hotmart, dão a você a possibilidade de fazer isso. São plataformas de produtos digitais, ou seja, marketplaces onde você pode não só colocar seus produtos à venda e montar seu programa de afiliados, tratar da distribuição dos conteúdos, pagamentos, recebimentos, etc. No caso da Monetizze, eles oferecem ainda a possibilidade de você trabalhar com produtos físicos e vendê-los diretamente pela plataforma também, criando sua estrutura de afiliados e usando o check out da plataforma para tratar de todos os pagamentos, o que facilita imenso na hora de começar a um vender um produto.

Ganhar dinheiro na internet com Venda de produtos físicos e digitais

A venda de produtos próprios é sempre uma mais-valia por diversas razões:

  1. Você controla o produto;
  2. Você controla o preço do produto;
  3. Você controla toda a cadeia de distribuição;
  4. Você pode montar sua própria rede de afiliados;
  5. Você controla a qualidade do material que está comercializando.

Como grande desvantagem, você terá de criar esse produto, o que embora possa parecer fácil numa primeira análise, é na verdade a parte mais complexa de tudo. Criar e comercializar um produto próprio dá imenso trabalho, especialmente se estivermos falando de cursos em vídeo-aulas ou Ebooks originais, o que obrigará você a gravar imensos vídeos ou a escrever imensos textos, o que nem sempre é fácil de enquadrar com seu trabalho do dia-a-dia.

2. Ganhar dinheiro na internet criando e vendendo um e-book

Quando lancei o meu primeiro e-book, em 2010, existiam poucas ofertas deste tipo na internet. Ao longo dos últimos anos, especialmente com a entrada no mercado de plataformas como a Monetizze e o Hotmart, a venda de e-books, Curso, Vídeo-Aulas, etc., tornou-se algo amplamente utilizado por blogueiros, profissionais de marketing, agências de comunicação, etc.

Criar e vender um e-book é também uma ótima estratégia para começar a ganhar dinheiro na internet, especialmente para quem está começando ou vem de áreas não digitais e procura simplesmente uma renda extra com o seu trabalho digital. Se imaginarmos que você é fisioterapeuta e atende clientes em clínicas, entrar no mercado digital com a comercialização de um e-book sobre boas práticas de exercício físico para pessoas com comuns, pode ser algo bastante interessante e você nem precisa de criar um blog para fazer isso.

Você pode e deve criar o seu e-book e colocá-lo à venda em plataformas com a Monetizze ou o Hotmart, construir sua rede de afiliados e disponibilizar a eles diversos materiais de divulgação do seu e-book, nomeadamente links de texto e banners publicitários. Logicamente, você precisará de fazer alguma publicidade, no Facebook ou Google AdWords, para fazer chegar o seu material ao maior número de pessoas possível, mas isso veremos mais à frente.

Recentemente, o meu amigo Luciano Larrosa colocou uma questão no Facebook relacionada com e-books gratuitos e as respostas representam claramente aquilo que acontece quando oferecemos algo:

Quando oferecemos algo, a tendência é as pessoas simplesmente não se interessarem por aquele material ou não darem a devida importância a ele. Afinal de contas, estamos falando de um produto que foi oferecido. Se o produto fosse realmente muito bom, o produtor estaria vendendo ele, certo?

Essa é a razão porque não recomendo você oferecer um e-book gratuitamente. É preferível você comercializar esse e-book por apenas R$10, mas em contrapartida, você estará não só ganhando algum dinheiro, mas acima de tudo separando os seus públicos entre aqueles que realmente se interessam e aqueles que são oportunistas e buscam simplesmente por materiais gratuitos que acabam por nem ler.

Em 2010, quando lancei o meu e-book “De Desconhecido a Problogger“, eu o coloquei gratuitamente em meu blog. Esse e-book recebeu mais de 40.000 downloads, o que me gerou uma lista de e-mail bastante poderosa, mas que acima de tudo era composta por pessoas não interessadas em comprar algo de mim, mas acima de tudo pessoas que buscavam ofertas. Isso, logicamente, não é bom. Depois eu coloquei ele à venda em versão impressa e os resultados foram bastante mais interessantes.

Para criar e vender o seu produto, você precisa de poucas coisas na verdade. A parte que lhe tomará mais tempo será a escrita do conteúdo (logicamente) e a estruturação desse conteúdo em formato de e-book, com um índice, organização de capítulos, etc. Para simplificar, siga os passos:

  1. Escreva todo o seu conteúdo num editor de texto como o Word da Microsoft ou o Pages da Apple;
  2. É importante você trabalhar com medidas standard, porque facilitam depois a edição e publicação do seu e-book:
    1. Margem Esquerda: 2,5cm
    2. Margem Direita: 2,5cm
    3. Margem Superior: 2,5cm
    4. Margem Inferior: 2,5cm
    5. Cabeçalho: 1,25cm
    6. Rodapé: 1,25cm
    7. Dimensão da Capa frontal: 21×29,7cm
  3. Utilize sempre que possível capítulos, títulos e subtítulos para organizar de forma hierárquica todo o seu conteúdo. Isso facilita muito o seu leitor na hora de encontrar determinados conteúdos;
  4. Você pode usar ferramentas como o Trakto.io para criar o seu e-book também. Essas ferramentas ajudam bastante na edição dos conteúdos e exportação do e-books para os vários formatos e dispositivos, nomeadamente computadores, tablets, Kindle, iBooks, etc.
  5. Crie uma página de venda para o seu produto e inscreva-se na Monetizze ou no Hotmart para colocar a sua obra à venda;
  6. Trabalhe sua rede de afiliados e promotores através das plataformas, pagando uma comissão sobre cada venda realizada;
  7. Faça seus próprios anúncios no Facebook, Google AdWords ou Youtube e analise a performance constantemente.

3. Ganhar dinheiro na internet criando e vendendo um curso online

Ganhar dinheiro na internet com cursos onlineEmbora possa parecer mais fácil que escrever um e-book, criar e vender um curso online demanda igualmente muito trabalho. Quando criei meu curso Conversion Hero eu demorei mais de 6 meses para produzir todo o material disponível nesse treinamento. São mais de 70 vídeo-aulas sobre Marketing Digital. Provavelmente eu não demoraria tanto tempo para escrever um e-book com 200 páginas, mas logicamente, ambas as coisas tomam muito do seu tempo.

Se você entender que a grande maioria do seu público provavelmente não gosta de ler, criar e vender um curso online poderá eliminar rapidamente essa barreira. As pessoas gostam mais de assistir um vídeo do que ler um livro. Além disso, aquilo que você precisaria de 30 páginas para ensinar, você consegue ensinar num vídeo de 15 minutos.

A juntar a tudo isso, quando falamos de vídeos técnicos, como por exemplo, exercícios físicos para você fazer em casa, o vídeo dá a você a vantagem de poder pausar o vídeo, voltar atrás e repetir. Isso é uma vantagem tremenda para quem está tentando seguir seus passos. Se a isso somarmos a parte da credibilidade e autoridade do autor, por ele aparecer nos vídeos falando, então um curso online é realmente muito poderoso.

Da minha experiência, um curso online tem a grande vantagem de criar uma maior autoridade junto do público, pela simples razão de que ele cria uma ligação emocional muito mais forte entre o autor e o público. Não é a toa que um testemunho em vídeo tem muito mais poder que um testemunho escrito.

Para criar e vender um curso online, você não precisa de muita coisa. Provavelmente aquilo que lhe tomará mais tempo será a estruturação do conteúdo que você pretende gravar. Depois disso, você precisa apenas de uma câmera fotográfica que faça vídeo em Full HD, um tripé e um local onde gravar seus vídeos. Se estivermos falando de screencast (gravar a tela do seu computador), então você não precisa de material absolutamente nenhum além de um notebook com o mínimo de qualidade.

Para simplificar, siga os passos:

  1. Estruture todo o conteúdo do seu curso num documento de texto ou do Google Drive;
  2. Para gravar aulas técnicas em seu computador, você poderá usar o Screeny para MacOS ou então o Camtasia para Windows. Ambos os aplicativos gravam a tela do seu notebook;
  3. Você precisará também de hospedar os seus vídeos em algum lugar. Recomendo usar o Vimeo, porque permite a você esconder seus vídeos e/ou só permitir que eles sejam “embedados” em determinados sites;
  4. Crie uma página de venda para o seu produto e inscreva-se na Monetizze ou no Hotmart para colocar o seu curso à venda. Ambas as plataformas oferecem também áreas de membros gratuitamente, onde você pode disponibilizar o acesso das aulas aos seus alunos;
  5. Trabalhe sua rede de afiliados e promotores através das plataformas, pagando uma comissão sobre cada venda realizada;
  6. Faça seus próprios anúncios no Facebook, Google AdWords ou Youtube e analise a performance constantemente.

Mais importante que gravar um curso online, que está longe de ser a tarefa mais complicada do mundo, você precisa entender como gerar tráfego e vendas para esse material. Isso será o mais desafio de todos, mas certamente aquele que dará a você a maior aprendizagem.

4. Ganhar dinheiro na internet com venda de assinaturas

Outra das formas que você tem de ganhar dinheiro na internet é através da venda de assinaturas. Assinaturas são basicamente pagamentos recorrentes para acesso a um determinado material. Se você imaginar por exemplo a subscrição de uma revista impressa, isso seria uma assinatura.

Imagine você criar uma área de membros e cobrar uma assinatura digital mensal para as pessoas terem acesso a esses conteúdos. Além de um pagamento recorrente, você estaria também comprometido em entregar todos os meses determinados materiais novos para os seus alunos. É basicamente como um curso online, mas em que você tem de gravar/escrever todos os meses e entregar esse material para os seus assinantes.

Um outro exemplo interessante seria qualquer SaaS (software as a service), que é basicamente o acesso a um software por meio de uma assinatura mensal. O mesmo se aplica à hospedagem do seu site, que você provavelmente paga mensalmente. Isso também é um serviço de assinatura.

Plataformas como a Monetizze ou o Hotmart, também prevêm a venda de assinaturas, cobrando mensalmente e de forma automática os cartões dos seus clientes. As assinaturas têm a vantagem da recorrência, quando comparadas com outras formas de ganhar dinheiro na internet, como a venda de Ebooks ou Curso, em que você recebe apenas uma vez por cada cliente.

A grande desvantagem das assinaturas é que você precisa criar novos materiais todas as semanas, para justificar os seus clientes continuaram pagando por essa mesma assinatura.

De todas as opções indicadas, existem duas que gosto particularmente e que acho que podem funcionar extremamente bem para quem deseja ter alguma recorrência:

  1. A venda de um software por meio de uma assinatura funciona extremamente bem. Pense em algo que poderia ser realmente uma mais-valia para seu público e crie uma ferramenta que resolva esses problemas. Você poderá cobrar seus clientes mensalmente pelo uso dessa mesma ferramenta.
  2. A criação de uma área de membros com acesso a vídeo-aulas, artigos, ebooks e outros materiais, é também uma ideia que poderá funcionar bastante bem. No entanto, você precisa manter as expectativas alinhadas com o seu público e entregar todos os meses um material de alta qualidade que justifique elas continuarem pagando para ter acesso.

5. Ganhar dinheiro na internet promovendo ofertas de afiliados

Ganhar dinheiro na internet promovendo ofertas de afiliadosUma das áreas que tem crescido mais no Brasil nos últimos 5 anos é o marketing de afiliados. Marketing de afiliados, conforme falei mais em cima, consiste essencialmente em promover produtos físicos ou digitais e receber uma comissão por cada venda gerada. É basicamente e de forma resumida, como se fosse trabalhasse à comissão. Sempre que você gera um resultado, você recebe a sua comissão em troca.

Com o crescimento do mercado, surgiram inúmeras oportunidades e ofertas para você trabalhar com programas de afiliados. Atualmente existem no Brasil milhares e milhares de programas de afiliados para praticamente todas as áreas que você pode imaginar, desde saúde, beleza, moda, automóveis, marketing digital, marketing de afiliados, seguros, serviços financeiros, coaching e muito mais. Independentemente da sua área de trabalho, existe uma forte probabilidade de existir alguma oferta disponível para você promover por meio de marketing de afiliados.

O marketing de afiliados é uma excelente forma de ganhar dinheiro na internet. Na realidade, você tem apenas dois caminhos se desejar trabalhar com marketing de afiliados: Ou você trabalha como produtor de conteúdo, gerando tráfego orgânico e consequentemente vendas, ou você trabalha com divulgação direta dessas ofertas, sem precisar criar um blog ou produzir qualquer tipo de conteúdo além dos anúncios para Facebook e Google AdWords. Vamos analisar cada uma dessas opções para você entender melhor o que cada uma delas representa e exige de você profissionalmente:

Promover ofertas de afiliados através de conteúdo

Se você optar pela criação do seu próprio blog, você entenderá que à medida que começar a gerar tráfego orgânico em suas postagens, você precisará de monetizar esse tráfego. De nada serve você ter 1 milhão de visitas por mês, se você não ganha dinheiro com esse tráfego. Basicamente você estará pagando mais hospedagem a troco de nada. Você precisa monetizar esse tráfego e promover ofertas de afiliados é uma excelente forma de o fazer.

Para utilizar esta estratégia e partindo do princípio de que você já produz conteúdo para a internet e tem algum tráfego que precisa de monetizar, você deverá implementar os seguintes passos para monetizar o seu tráfego com ofertas de afiliado:

  1. Registre-se na Monetizze ou no Hotmart e entre na loja para ver as ofertas disponíveis;
  2. Escolha um produto dentro do seu nicho de mercado, que cumpra com alguns requisitos mínimos:
    1. A página de venda do produto é boa e a oferta é bastante clara e objetiva;
    2. A comissão paga pelo produtor é razoavelmente grande;
    3. O produto está com uma temperatura boa, o que significa que está gerando vendas;
    4. Avalie a qualidade do suporte a afiliados e tente perceber se o produtor é confiável;
    5. Analise os diferentes materiais disponibilizados a afiliados, nomeadamente banners, links e textos;
    6. Perceba de existe um grupo de apoio a afiliados onde você possa esclarecer suas dúvidas sobre o produto;
    7. Analise o modelo de atribuição de comissões para entender se você ganha a comissão no primeiro clique, último clique ou múltiplos cliques.
    8. Se estiver com dificuldade em algum dos pontos anteriores, fale diretamente com o produtor por email e tente esclarecer as suas dúvidas antes de começar a promover o produto. Outra solução será conversar com a própria plataforma para saber mais sobre esse produtor e o seu produto.
  3. Elabore uma estratégia de marketing de conteúdo para o seu blog, que lhe permita promover o produto indicado de uma forma eficaz. Não necessariamente você editar todos os seus artigos para colocar banners publicitários e links de texto vai gerar uma renda passiva.
  4. Crie uma landing page ou uma review completa sobre o produto em questão e publique ela em seu blog. Você deverá usar essa página sempre que linkar internamente em seus artigos. Os links para o produto nessa página deverão ser “NoFollow”, já que você está linkando com seu link de afiliado.
  5. Se os banners publicitários oferecidos pelo produtor não forem do seu agrado, produza seus próprios materiais. Quanto maior a contextualização, maiores serão as suas chances de converter.
  6. Se você trabalha a geração de leads em seu blog e tem uma lista de emails minimamente interessante, promova essa oferta junto do seu público. Escreva seus emails de uma forma humana, como você sempre fez. Se você tentar manipular os emails para usar “gatilhos mentais”, seus leitores perceberão que você não está sendo natural e sua conversão será péssima.
  7. Analise todas as métricas de todas as suas ações. Plataformas como a Monetizze permitem a você criar diversas campanhas para que possa entender de onde estão vindo as comissões geradas, se do artigo A ou B, da landing page, de um banner publicitário ou de outro conteúdo qualquer. Mensurar os resultados é fundamental para entender o comportamento do seu público e principalmente aquilo que está funcionando melhor e pior.

Pode parecer muita coisa, mas na verdade é uma estratégia simples e que se resume em ser autêntico. Você basicamente estará contextualizando o produto com o seu conteúdo. Se você forçar a barra e tentar desesperadamente vender o produto, seu público possivelmente não ficará muito agradado com a abordagem.

Promover ofertas de afiliados através de anúncios

O outro lado da moeda passa por você promover essa ofertas de afiliados por meio de anúncios no Facebook, Google AdWords, Youtube, Taboola, Outbrain e outras plataformas de native ads existentes no mercado (falarei mais aprofundadamente sobre isso num outro artigo).

Nessa estratégia você não precisa de produzir qualquer tipo de conteúdo, além de manter uma página de Facebook ou um canal de vídeos no Youtube se você desejar. Não necessariamente você precisará produzir mais qualquer outro tipo de conteúdo, exceto claro, o copy dos seus anúncios!

A vantagem deste tipo de estratégia é que você poderá começar imediatamente, sem precisar de estrutura, tempo ou um longo período de espera até atingir resultados significativos. Como desvantagem você tem a necessidade de entender como anunciar no Facebook, Google AdWords e outras mídias, e também o fato de que alguns nichos de mercado são proibidos de anunciar nesses meios, como por exemplo, produtos de saúde, emagrecimento, jogo online, entre outros.

Para utilizar esta estratégia e partindo do princípio de que você sabe fazer anúncios no Facebook, Google AdWords ou usar plataformas de native ads, você deverá implementar os seguintes passos para promover ofertas de afiliado:

  1. Registre-se na Monetizze ou no Hotmart e entre na loja para ver as ofertas disponíveis;
  2. Escolha um produto dentro de um nicho de mercado que você entenda e ou domine minimamente (isso é muito importante para você não fazer asneira ou perder suas contas de anúncios!) e que cumpra com alguns requisitos mínimos:
    1. A página de venda do produto é boa e a oferta é bastante clara e objetiva;
    2. A comissão paga pelo produtor é razoavelmente grande;
    3. O produto está com uma temperatura boa, o que significa que está gerando vendas;
    4. Avalie a qualidade do suporte a afiliados e tente perceber se o produtor é confiável;
    5. Analise os diferentes materiais disponibilizados a afiliados, nomeadamente banners, links e textos;
    6. Perceba de existe um grupo de apoio a afiliados onde você possa esclarecer suas dúvidas sobre o produto;
    7. Analise o modelo de atribuição de comissões para entender se você ganha a comissão no primeiro clique, último clique ou múltiplos cliques.
    8. Se estiver com dificuldade em algum dos pontos anteriores, fale diretamente com o produtor por email e tente esclarecer as suas dúvidas antes de começar a promover o produto. Outra solução será conversar com a própria plataforma para saber mais sobre esse produtor e o seu produto.
  3. Recomendo também que você fale com o suporte da plataforma para saber quais os produtos que estão vendendo mais e/ou saber quais produtos estão ocultos na plataforma. Muitos produtores que desejam controlar eficazmente sua rede de afiliados e/ou trabalhar somente com afiliados muito bons, ocultam seus produtos na plataforma. Tente descobrir quais produtos são esses e depois volte ao ponto 2 novamente.
  4. Monte sua estratégia de divulgação. Dependendo do tipo de produto que você deseja promover, ele poderá converter melhor em anúncios de Facebook, anúncios do Google, anúncios no Taboola ou Outbrain, etc. Existe uma grande diferença também entre produtos B2C (Business to Client) e B2B (Business to Business) principalmente ao nível das plataformas de anúncios e estratégias a usar.
  5. Naturalmente, você precisará fazer testes em todas as plataformas e até gastar algum dinheiro até afinar corretamente seu público-alvo e suas conversões. Mantenha um controlo e um registro sobre todas as suas ações para que fique mais fácil você replicar aquelas que funcionam melhor.
  6. Você precisará também trabalhar cada um dos boletos impressos ou vendas pendentes. Contatar essas pessoas e oferecer a sua ajuda, poderá aumentar consideravelmente as suas vendas e/ou a recuperação de boletos impressos e não pagos.
  7. Relacionar-se com seu público-alvo será importante também numa visão de longo prazo. Manter uma página de Facebook ou um canal de vídeos no Youtube é uma estratégia interessante de relacionamento e proximidade com seu público, o que naturalmente ajudará você a vender mais.
  8. Analise todas as métricas de todas as suas ações. Plataformas como a Monetizze permitem a você criar diversas campanhas para que possa entender de onde estão vindo as comissões geradas, se do anúncio A ou B, do Facebook ou Google AdWords, de um banner publicitário ou de outro conteúdo qualquer. Mensurar os resultados é fundamental para entender o comportamento do seu público e principalmente aquilo que está funcionando melhor e pior.

O mais importante nesta estratégia é você dominar a arte de fazer anúncios que geram conversões, que é de longe a parte mais complicada de todo o processo. Adaptar a sua oferta ao seu público-alvo, trabalhar as imagens dos anúncios corretamente (por vezes as imagens mais toscas são as que funcionam melhor), o copy dos seus anúncios, os call-to-actions, etc. Tudo conta na hora de gerar conversões com programas de afiliados.

6. Ganhar dinheiro na internet com um e-commerce

Ao contrário do que possa imaginar, criar um e-commerce nos dias de hoje é uma das tarefas mais simples que existem. O mercado está inundado com diferentes plataformas e ferramentas que poderão ajudá-los a criar e a configurar um e-commerce em poucos minutos. Soluções como o Shopify ou WooCommerce, são uma verdadeira mão na roda quando o objetivo é colocar produtos para vender.

Ao nível de e-commerce você tem quatro opções bastante distintas e que permitirão a você comercializar basicamente qualquer produto que você deseje. Você apenas precisará entender como cada uma dessas opções funciona e o que cada uma delas representa. Os e-commerces continuam sendo uma das formas mais eficazes de ganhar dinheiro na internet nos dias de hoje e as oportunidades são imensas. Veja:

  1. Vender seus próprios produtos – Você poderá criar ou produzir seus próprios produtos e comercializá-los por meio de um e-commerce. Nesta situação, você será responsável por toda a infraestrutura, nomeadamente colocar os produtos à venda, receber os pagamentos, realizar atendimento e suporte aos clientes, contratar logística para tratar dos envios das encomendas, etc. Tudo será uma responsabilidade sua, mas ao mesmo tempo você controla eficazmente todo o processo, preços, promoções, entregas, etc.
  2. Vender seus produtos importados – Provavelmente você já ouviu falar de sites como o Alibaba, AliExpress ou eBay. Eles são responsáveis pela importação de milhões de produtos da China, Alemanha, Reino Unido e muitos outros países. A vantagem desses sites é que eles oferecem milhares de oportunidades únicas para você importar produtos a um preço super baixo e montar sua própria empresa para revender esses produtos. Muitos desses sites oferecem inclusive produtos de marca branca, para que você os possa importar e comercializar com sua própria marca. Logicamente, nesta situação você será igualmente responsável por toda a logística, encomendas, pagamentos, etc., conforme referi em cima.
  3. Vender produtos de outras pessoas – Plataformas como a Monetizze, por exemplo, oferecem a você a possibilidade de trabalhar com produtos de outras pessoas por meio de um programa de afiliados, como vimos anteriormente. Na plataforma existem, no momento em que escrevo esse artigo, algo como 186 produtos físicos à venda na plataforma, desde suplementos de saúde, lanternas, equipamento fotográfico, relógios, entre muitas outras coisas. Você conseguirá, com muita facilidade, criar um e-commerce para vender todos esses produtos através dos seus links de afiliado, passando toda a responsabilidade da venda, logística e suporte para o produtor. Você apenas precisará se preocupar em gerar tráfego e vendas em seu e-commerce.
  4. Vender produtos através de drop shipping – Drop shipping consiste em você comercializar produtos que são vendidos por outras empresas e entregues por elas diretamente em casa do seu cliente, com sua própria identidade visual. O drop shipping tem a grande vantagem de você não precisa fazer estoque, já que quando você recebe uma encomenda, o produto é enviado diretamente da empresa fornecedora para o seu cliente, numa caixa com sua própria logomarca. Em termos funcionais, seria praticamente como no ponto anterior, sendo que você repassaria toda a responsabilidade da entrega do produto para o seu parceiro de negócio. No drop shipping, você continua sendo responsável por todo o suporte ao seu cliente, uma vez que o cliente é seu e a empresa de drop shipping é apenas responsável pelo envio da mercadoria.

Como provavelmente você já entendeu, existem inúmeras oportunidades quando falamos de e-commerce e você poderá utilizar cada uma delas para ganhar dinheiro na internet de uma forma eficaz. Os e-commerces são uma excelente forma de você criar um negócio digital de sucesso na internet, ainda que seja importante você entender que por mais que os seus produtos sejam atrativos e tenham um preço competitivo, você precisará sempre entender sobre como gerar tráfego e vendas para o seu e-commerce.

8. Ganhar dinheiro na internet com um canal no Youtube

Há muitos anos que o Youtube é uma ferramenta incrível para quem procura visibilidade e acima de tudo conteúdo. Conforme já falei em cima, vídeo cria uma autoridade incrível junto do seu público-alvo e logicamente, além disso, ele permite que você monetize seus vídeos com anúncios do Google. Basicamente, você receberá 55% da receita gerada sempre que alguém visualizar ou clicar na publicidade que você habilitou em seus vídeos.

Essa publicidade é gerida pela Google, tal como acontece com os anúncios do Google Adsense que falamos em cima. Os anunciantes pagam por visualização ou por clique e você receberá uma parte desse valor por apresentar a publicidade nos vídeos que carrega para o seu canal do Youtube.

Ganhar dinheiro na internet com anúncios no Youtube

Existem vários formatos disponíveis e você poderá ativar os formatos que desejar para o seu canal de vídeos. A qualidade dos conteúdos que você produz determinarão se você terá sucesso ou não no Youtube. Para ajudar a melhorar os seus conteúdos, recomendo que você siga o Camilo Coutinho e o seu canal Play de Prata, onde ele ensina tudo o que você precisa de saber sobre vídeos no Youtube. Lá você encontrará diversas dicas e estratégias para manter um canal de Youtube de sucesso e realmente ganhar dinheiro com seus vídeos.

No Youtube, existe várias regras importantes a se seguir caso você pretenda ter sucesso com seus vídeos e/ou que eles apareçam bem posicionados no motor de pesquisa do Youtube. Atente em algumas dicas simples e eficazes:

  • Utilize imagens personalizadas (thumbnails) para os seus vídeos. Boas imagens geram mais cliques nos vídeos, portanto, na hora de subir um vídeo no Youtube, carregue também uma miniatura personalizada como capa desse vídeo;
  • Bons títulos geram mais cliques também. Não se esqueça que o Youtube é também um motor de pesquisa, portanto, se você quer ser encontrado quando alguém pesquisar por alguma palavra-chave, você precisa que essa palavra-chave esteja no título do seu vídeo e na descrição também;
  • As descrições dos vídeos são igualmente importantes. Elas ajudam a posicionar melhor seus vídeos no motor de pesquisa do Youtube e servem como um call-to-action importante que você não pode menosprezar;
  • A qualidade de imagem dos seus vídeos é também importante. Sempre que possível, faça uma filmagem em Full HD e suba seus vídeos para o Youtube na qualidade máxima. O próprio Youtube entregará aos seus usuários o vídeo na qualidade otimizada para os seus dispositivos ou ligações de internet.
  • Uma boa edição no seu vídeo poderá ajudar muito também. Se você gravar um vídeo em que fala para a câmera de frente durante 15 minutos, você simplesmente não passará de uma “cabeça falante”. Seus usuários não estão interessados nesse tipo de conteúdo. Eles procuram algo dinâmico e que os prenda até ao final.
  • A duração do seu vídeo é também importante. Quanto mais longos os vídeos, menor será a quantidade de minutos visualizados pelos seus leitores.

No canal do Camilo você encontrará diversas outras dicas para melhorar seus vídeos ou produzir vídeos de uma forma profissional para o Youtube. Logicamente, um canal de vídeos devidamente organizado, otimizado e visualmente atrativo, fará tudo o resto. No Youtube existem duas coisas muito importante que você precisa ter especial atenção: subscritores e visualizações. Só isso permitirá que você ganhe dinheiro com seus vídeos.

9. Ganhar dinheiro na internet vendendo templates, plugins ou scripts

Se você é desenvolvedor web, por exemplo, e gostava de ter uma renda extra com seu trabalho, saiba que existam várias opções disponíveis nesse mercado, desde a criação e venda de templates para sites e blogs, venda de plugins para WordPress, ficheiros JavaScript com determinadas funcionalidades, entre várias outras coisas.

Plataformas como o ThemeForest e o CodeCanyon permitem a você comercializar todo o tipo de ferramentas, scripts e templates que você possa imaginar, para as mais diversas plataformas do mercado. E o melhor de tudo é que esses sites têm milhões de usuários de todo o mundo pesquisando por essas ferramentas e comprando. Muitos produtores do ThemeForest, por exemplo, ganham milhares de dólares em vendas de templates para WordPress, por exemplo.

Se você for um webdesigner ou um designer gráfico, as plataformas deles também possibilitam a comercialização de ficheiros de Photoshop, logomarcas, identidades visuais e até templates para PowerPoint ou Keynote, o que é uma tremenda oportunidade para quem deseja criar e vender digitalmente para grandes massas esse tipo de materiais.

Você precisa saber como ganhar dinheiro na internet

Ganhar dinheiro na internet não significa você criar um blog no Blogspot ou no WordPress, registrar-se numa plataforma de afiliados e sair colocando banners publicitários no seu blog. Se você acha que vai ganhar dinheiro desse jeito, lamento desiludir você, mas provavelmente você será mais um dos 98% que nunca ganhará dinheiro na internet.

Você precisa entender que para se ganhar dinheiro na internet é necessário entender como tudo isso funciona. Como gerar tráfego para o seu blog, como otimizar o seu conteúdo para SEO, que tipos de conteúdos você deve escrever, quais os erros que você deve evitar, como construir uma audiência de pessoas interessadas em comprar de você, como construir suas listas de email, entre muitas outras coisas.

Isso não acontece da noite para o dia. Você precisa saber o que tudo isso significa e estudar, estudar muito. A internet é um lugar maravilhoso não apenas para quem quer vender, mas acima de tudo para quem deseja aprender. Independentemente das dificuldades que você tenha para ganhar dinheiro na internet, entenda que a partir de algumas pesquisas no Google, você poderá aprofundar muito os seus conhecimentos e entender como tudo isso funciona.

Se você resolver pular etapas e sair promovendo coisas sem ao menos entender como esse mercado funciona e como as pessoas se comportam na internet, você provavelmente será mal sucedido e acabará continuando no seu emprego. Da mesma forma que se você abrir uma loja de cosmética, você precisa entender de cosmética, para vender na internet você precisa entender como a internet funciona, o que é SEO, o que é marketing de conteúdo, o que é geração de leads, o que são programas de afiliados e por aí adiante. Tudo isso tem uma lógica e se você não a entender, você terá grandes dificuldades em ser bem sucedido.

Embora você possa considerar que tudo isso é simples porque a internet tem mais de 2 bilhões de pessoas conetadas, não se esqueça que também existem muitos milhões de pessoas tentando fazer o mesmo que você. Quem estiver melhor preparado, terá naturalmente melhores resultados. Simples assim!

Quer aprender mais sobre Ganhar Dinheiro na Internet? Conheça meu Curso Presencial de Marketing Digital, que poderá ajudá-lo a levar o seu negócio ao próximo nível! ;)

Bons Empreendimentos!


Google Plus



  • Trauco

    Excelente artigo, Paulo! Bem completo! Já favoritei aqui pra usar algumas coisas! :D

    • Olá Trauco, obrigado :) Espero que o conteúdo seja útil!

  • Fabio Vasconcelos

    Muito bom Paulo, Cara que saudades dos seus artigos, espero que venha muito mais…

    Abs!

    • Olá @disqus_1Y3uId5tjD:disqus, valeu pelo comentário! Eu também estava morrendo de saudades de voltar a escrever, acredita? Agora não paro mais! :)

  • Muito bom o artigo, sabe aquela parada do pokmon raro kkk pois é; você é um deles, nunca vende sonho só fala a verdade por isso te acompanho por anos, parabéns.

    • Obrigado pelas palavras @ronaldopinho:disqus :) Fico muito contente por saber que meus conteúdos são úteis e objetivos. Espero que possa continuar acompanhando meu trabalho por mais anos! Valeu mesmo! :)

  • flávia rodrigues tav

    maravilhoso de ótimo conteúdo!Parabéns artigo muito útil

    • Olá @flviarodriguestav:disqus, obrigado por comentar! Fico contente por saber que curtiu o artigo e espero que as informações sejam úteis a você :)

  • Ola , realmente um artigo de alto valor, só não concordo com você quando fala sobre marketing multinível, no verdadeiro marketing multinível, você precisa trabalhar com muita dedicação, treinar, conhecer seu produto e a maneira certa de vender. Não devemos confundir com esses programas tipo piramide criados somente para extorquir dinheiro dos descuidados.

    • Olá @L@luis_leite:disqus, obrigado pelo comentário! Infelizmente não sou apreciador de Marketing Multinível no seu todo e é uma opinião pessoal. São muito poucas as empresas que trabalha com MMN que prosperam durante vários anos. Existem muitas mais que são esquemas piramidais e que servem apenas para extorquir dinheiro aos seus afiliados ;) Infelizmente é a realidade do mercado. Logicamente, existem empresas que trabalham bem nessa área, mas são muito poucas! Um abraço.

  • Olá Paulo. Com certeza mais um artigo fabuloso e mostruoso…rs!

    Poderia-nos falar mais sobre onde encontrar programas de afiliados confiáveis sobre Automóveis, Seguros, Serviços Financeiros…

    E sobre lojas vituais shopify e woocommerce?

    Grande Abraço e Obrigado!

    • Olá @autonomonaweb:disqus, num próximo artigo abordaremos diversas outras coisas mais profundamente :) Valeu por comentar!

  • Victor Elson

    Olá Paulo ! Parabéns pelo conteúdo. Sem duvidas agregou valor aos meus estudos. Estou iniciando no mundo da internet, ainda nos primeiros passos, montando a estrutura e estudando e criando os primeiros conteúdos do blog para lança-lo no dia 1 de agosto. Ajudou bastante, como também marcou com os últimos parágrafos:

    “Você precisa saber o que tudo isso significa e estudar, estudar muito. A internet é um lugar maravilhoso não apenas para quem quer vender, mas acima de tudo para quem deseja aprender.”

    “Embora você possa considerar que tudo isso é simples porque a internet tem mais de 2 bilhões de pessoas conetadas, não se esqueça que também existem muitos milhões de pessoas tentando fazer o mesmo que você. Quem estiver melhor preparado, terá naturalmente melhores resultados. Simples assim!”

    Pena que não tem aqui em Alagoas o seu curso presencial ou de forma virtual. Quando puder vou viajar para faze-lo.

    Forte Abraço! Estarei aqui acompanhando seu blog.

    • Obrigado pelo comentário Victor! Fico super contente que tenha curtido o conteúdo e espero que possa ser útil a você e aos seus negócios futuros. Um abraço! :-)

  • Camila Maia

    Ganhar dinheiro na internet não é fácil, vou seguir algumas dicas valiosas do seu post que tenho certeza que me ajudarão muito.

    Grata!

    http://prontaparaoromance.net/

  • Homen serio

    https://www.hostgaus.com/
    Tenha seu próprio espaço de hospedagem para seu web site, ou crie seu site, conosco hoje mesmo, faça seu próprio blog, sua loja virtual, utilizando as melhores ferramentas de edição web que você já viu, acesse o link na descrição acima.

Leia também esse artigo:

Entrepreneurship

Os 8 maiores erros cometidos em negócios digitais